Suspeitos de roubar caminhão e sequestrar duas pessoas são detidos em Jundiaí

Três homens foram detidos suspeitos de roubar um caminhão com carga de carne e sequestrar duas pessoas, na manhã desta sexta-feira (19), em Jundiaí (SP).

A Guarda Municipal recebeu um aviso de que um carro com uma placa furtada havia entrado na cidade por volta das 6h40. Em seguida, foram atrás do veículo na Avenida Antônio Frederico Ozanan e fizeram a abordagem.

No carro estavam quatro pessoas, sendo duas vítimas e dois criminosos. Os bandidos confessaram que praticavam roubo de carga e disseram que abordaram o caminhão no qual as vítimas estavam na Rodovia Anhanguera, sentido São Paulo, usando um simulacro de arma de fogo.

Eles também contaram que estavam com outros criminosos, que seguiram com o caminhão carregado com carne. De acordo com a Polícia Civil, são seis envolvidos. O veículo ainda não foi localizado.

Um dos bandidos ainda indicou um endereço no Jardim Novo Mundo, em Várzea Paulista (SP). A casa está no nome de um dos suspeitos que está com o caminhão roubado.

No local os policiais encontraram uma carga de cerca de 20 caixas com produtos alimentícios que haviam sido roubados anteriormente.

Em seguida, a equipe foi para um segundo endereço na Vila Nambi, em Jundiaí, que também foi passado pelo suspeito detido.

Fonte: G1

Governo lançará app para caminhoneiro calcular frete em cada viagem

Caminhoneiros autônomos, categoria que parou o país em uma greve contra o aumento do óleo diesel em maio de 2018, contarão com um aplicativo de celular para que possam calcular o valor do frete rodoviário em cada viagem, a partir dos novos parâmetros da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O recurso tecnológico foi desenvolvido pela estatal Serpro, a pedido do Ministério da Infraestrutura. A última versão do app foi apresentada aos representantes dos caminhoneiros, das transportadoras e do setor produtivo que se reuniram com integrantes do governo na semana passada no “Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Carga”.

O aplicativo de celular será disponibilizado de forma gratuita nas lojas virtuais. A ideia é permitir que os caminhoneiros saibam o valor mínimo (piso) que poderão cobrar em cada viagem ao fornecer informações sobre valor de pedágio, previsão de parada e pernoite, entre outras.

O governo deve lançar o aplicativo após a publicação da nova tabela de frete, o que está previsto para sexta-feira (19). Na tarde desta terça-feira, a diretoria do órgão deve aprovar resolução com os novos parâmetros de cálculos elaborados pelo grupo de pesquisa da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP).

Fonte: G1

Polícia encontra centro de desmanche de veículos roubados em Peruíbe, SP

Equipes da Polícia Civil encontraram um galpão de desmanche de veículos roubados em Peruíbe, no litoral de São Paulo. No local, os policiais também prenderam um suspeito e equipamentos como ferramentas e bloqueadores de sinal, além de um caminhão roubado.

De acordo com a Polícia Civil, quatro suspeitos armados roubaram um caminhão que transportava refrigerantes em Itanhaém, na última sexta-feira (5). Após levar o veículo, os criminosos abandonaram o caminhoneiro na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, entre os dois municípios.

Durante as buscas, realizadas na noite de sexta-feira, os policiais localizaram o caminhão roubado em um galpão, no Centro de Peruíbe. Eles constataram que o veículo já estava sendo desmontado no local e encontraram bloqueadores de sinais no interior do caminhão. O equipamento geralmente é utilizado para evitar que uma carga seja rastreada.

A equipe de investigadores prendeu o proprietário do galpão, um homem de 57 anos. Além do suspeito, os policiais também apreenderam os equipamentos utilizados para o desmanche dos veículos e os bloqueadores de sinal.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Sede de Peruíbe e indiciado pelo crime de receptação. Porém, ele foi liberado após pagamento de fiança. A Polícia Civil continua investigando o caso para localizar possíveis coautores do crime.

Fonte: G1

Suspeito de roubar carga de cigarros avaliada em R$ 80 mil é preso em Campinas, diz PM

Um homem foi preso em Campinas (SP), na tarde desta terça-feira (25), suspeito de ter roubado uma carga de cigarros avaliada em R$ 80 mil, segundo a Polícia Militar. O crime ocorreu no Jardim Campineiro e a corporação usou um helicóptero durante a busca. Não há informações de feridos.

O home, diz a PM, foi flagrado no momento em que transferia a carga de um automóvel para outro. Após ser preso, ele foi levado para o 1º Distrito Policial, onde foi registrada a ocorrência. Ainda segundo a corporação, o suspeito foi reconhecido pela pessoa responsável pela carga.

Durante a ação foram apreendidos o veículo e os cigarros. Segundo a polícia, o homem ficou à disposição da Justiça. Com isso, a continuidade ou não da prisão deve ser definida em audiência.

Fonte: G1

Caminhoneiro com tanque reserva tem direito à adicional de periculosidade

O motorista de um caminhão que tem tanque reserva com capacidade superior a 200 litros tem direito a adicional de periculosidade, pois a situação se equipara ao transporte de produto inflamável. Assim entendeu a 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho ao condenar uma transportadora a pagar o adicional a um motorista carreteiro que conduzia o veículo com um tanque reserva com capacidade de 360 litros.

O relator do caso, ministro José Roberto Pimenta, afirmou que, tendo em vista a capacidade máxima de armazenamento dos dois reservatórios do caminhão, o motorista chegava a conduzir até 720 litros de combustível. “Tal volume se revela significativo, caracterizando risco acentuado”, disse.

De acordo com o ministro, é indiferente se o combustível é armazenado em tanques originais de fábrica, suplementares ou alterados para ampliar a capacidade do tanque original. “O que submete o motorista à situação de risco é a capacidade volumétrica total dos tanques, nos termos do artigo 193, inciso I, da CLT e do item 16.6 da Norma Regulamentadora 16”, concluiu.

O juízo de primeiro grau havia deferido o adicional de periculosidade ao motorista. No entanto, o Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região afastou a condenação alegando que o motorista não estava exposto a risco. Na 2ª Turma do TST, a decisão foi por unanimidade. Com informações da assessoria de imprensa do TST.

Fonte: Conjur

Carga de bicicletas avaliada em mais de R$ 30 mil é recuperada em SP

Equipes da Polícia Civil em Praia Grande, no litoral paulista, recuperaram uma carga de peças e bicicletas avaliada em mais de R$ 30 mil. Ela havia sido roubada por dois criminosos em uma avenida da cidade, e só foi localizada graças ao sistema de rastreamento do caminhão que a transportava. Um jovem, de 26 anos, foi identificado por ter envolvimento com o crime.

As informações foram confirmadas por equipes do 2º Distrito Policial da cidade ao G1 nesta segunda-feira (3). Segundo a polícia, a empresa é da Grande São Paulo e faria a entrega de mercadorias na cidade quando, na Avenida do Corretor de Imóveis, no bairro Samambaia, dois criminosos abordaram o caminhão e renderam o motorista.

Segundo boletim de ocorrência, eles estavam armados e obrigaram o condutor a descer do caminhão. A vítima foi colocada no carro dos suspeitos e deixada, com um dos assaltantes, a um quarteirão após a abordagem inicial. Depois, foi orientado que, ao sinal dos suspeitos, retornasse duas quadras para trás e, assim, recuperasse o veículo.

Ao voltar no caminhão, o motorista já o encontrou com o baú vazio. A carga era avaliada em mais de R$ 30 mil, e notas fiscais dos produtos também foram apreendidas. A vítima registrou a ocorrência e informou que, segundo o rastreador do caminhão, o mesmo parou na Rua Monte Serrat, no bairro Melvi, vizinho de onde ocorreu o crime.

A partir daí, a equipe de investigadores iniciou buscas no endereço indicado, onde visualizaram um rapaz que, assustado com os policiais, conseguiu fugir do local. Ele foi reconhecido como sendo um jovem, de 26 anos, com histórico de participação em outras ocorrências na região. A suspeita é de que tomava conta da carga.

Nos fundos da residência, a carga foi localizada. Foram apreendidas 12 notas fiscais de produtos, três bicicletas montadas, 80 aros de bicicleta, 78 caixas com peças avulsas para a montagem de bicicletas, além de nove pneus. Os materiais, segundo o boletim, não tinham seguro, e a vítima reconheceu os produtos como sendo os levados do caminhão.

A mercadoria foi apreendida e levada para a delegacia, onde foi identificada e registrada. Foi feito um novo boletim de ocorrência por localização e apreensão de objetos. O material foi devolvido à vítima e, agora, equipes a Polícia Civil faz buscas para localizar o paradeiro dos envolvidos no crime. Até agora, ninguém foi preso.

Fonte: G1

Mãe e filho são feitos reféns durante roubo de carga de cigarro em Suzano

 

Mãe e filho foram feitos reféns durante um roubo de carga de cigarro importado avaliada em R$ 7 mil, no começo da tarde desta segunda-feira (20), em Suzano. O suspeito foi preso.

A Polícia Militar informou que recebeu uma ligação de um morador do bairro Vila Fátima, relatando que um homem e uma mulher estavam fazendo uma entrega de cigarro quando foram abordados por um criminoso armado.

Ainda segundo a polícia, o denunciante contou que, depois disso, as vítimas foram colocadas dentro do carro de entregas e levadas pelo criminoso. De acordo com a PM, o motorista da empresa trabalha fazendo as entregas e leva a mãe para acompanhá-lo.

Com as informações do modelo do carro, a Polícia Militar conseguiu encontrá-lo na Rodovia Índio Tibiriçá, na altura do quilômetro 32.

Durante a perseguição, ainda segundo a polícia, o suspeito jogou a arma para fora do carro. Ele foi alcançado no bairro Jardim Ikeda, onde os reféns foram libertados e o suspeito preso.

Depois da prisão, a polícia voltou à rodovia e conseguiu encontrar a arma descartada pelo suspeito. Ainda segundo a polícia, ela tinha uma bala. Possivelmente ele tentou usá-la, mas a arma falhou.

O caso é registrado no DP de Palmeiras, em Suzano.

Fonte: G1

DNIT libera o tráfego de veículos em 20 quilômetros da BR-163/PR

A obra, entre Toledo e Marechal Cândido Rondon, faz parte da readequação feita pela autarquia na rodovia

Importante economicamente por ligar o centro produtor de grãos do Brasil aos portos da região Sul, a Rodovia BR-163 segue sendo readequada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Assim, a autarquia liberou, nesta última sexta-feira (10), o tráfego de veículos ao longo de mais 19,4 quilômetros pavimentados de estrada, no trecho entre as cidades de Toledo e Marechal Cândido Rondon, no Paraná. No total, serão 38,9 quilômetros revestidos no Estado, com um investimento total de R$ 375.469.840,67.

No mesmo contrato das obras de adequação da BR-163/PR, o viaduto de acesso à avenida Ministro Cirne Lima foi liberado no fim de abril. A obra foi projetada para desafogar o trânsito na região e tem saídas para Marechal Cândido Rondon, Novo Sobradinho, Bairro Vila Nova e também acessos para Toledo.

A adequação desta rodovia vai beneficiar a população paranaense, que há anos reivindica a construção, além de melhorar a acessibilidade e gerar mais segurança para a região.

Mas não é só isso. Estão previstos no total a construção de nove viadutos e três passarelas.

As obras começaram em outubro de 2015 e têm previsão de término no fim de 2020.

Fonte:Noticias, rodovias

Polícia prende 3 e recupera carga de R$ 500 mil em computadores após perseguição em Sumaré

Três suspeitos de roubar uma carga de computadores avaliada em R$ 500 mil foram presos em Sumaré (SP), na madrugada desta terça-feira (30), após perseguição. O grupo e os equipamentos foram localizados no Jardim Martins e, segundo a Polícia Rodoviária, o crime ocorreu após um caminhoneiro ser assaltado quando passava pela Rodovia D.Pedro I, altura de Nazaré Paulista (SP).

De acordo com a corporação, o trio estava em um veículo e fez disparos para o alto para obrigar o motorista a parar nas proximidades da rodovia. Em seguida, a carreta foi levado para uma estrada de terra, onde a carga foi transferida para outro caminhão. Não há informações de feridos.

A concessionária responsável pela via constatou que a carreta estava perto do matagal e os policiais foram ao local, onde encontraram o motorista e parte da carga. Em seguida, iniciaram uma perseguição e, apesar de suspeitos terem feitos disparos com fuzis, com objetivo de permitir fuga do caminhão, os policiais conseguiram abordar o trio e recuperar a carga no Jardim Martins.

Segundo a Polícia Rodoviária, o caminhão usado pelos criminosos foi furtado em Valinhos (SP), em março. Os suspeitos devem responder por roubo de carga, receptação e associação criminosa.

A assessoria da empresa Dell informou que não irá comentar sobre o assunto.

Fonte: G1